Tanamoda - Blog de moda e beleza: Mamoplastia com Silicone - Prós e Contras

Mamoplastia com Silicone - Prós e Contras


Mamoplastia com Silicone - Prós e Contras

Colocar ou não silicone nos peitos? Essa é uma dúvida mais comum do que você imagina. Grande parte das mulheres com seios pequenos pensam em optar pela cirurgia de aumento das mamas. Porém, parece que só quando a possibilidade se torna real é que começam a surgir as dúvidas... Algumas dúvidas comuns são sobre a amamentação após o implante, sobre o aumento de risco de doenças, ou simplesmente o medo de se arrepender e não gostar do resultado.

A intenção desse post é ajudar você a se decidir, sobre colocar ou não a prótese nas mamas. Já trouxemos aqui no blog, imagens de mamoplastia antes e depois, para vocês conferirem como fica visualmente. A aparência parece que tem sido a maior dúvida na hora da decisão, mas não esqueça que você deve pensar também na sua saúde a longo prazo e não apenas no desejo do momento.

Para não iniciar com pessimismo, vamos falar sobre os mitos que existem em torno da colocação de silicone nos peitos.




Silicone nas mamas X amamentação:


Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o silicone no seio não interfere na amamentação, já que as próteses são colocadas abaixo das glândulas mamárias.

Sensibilidade nos peitos após implante:


Não é comum perder a sensibilidade nos peitos após uma cirurgia de aumento. Isso pode ocorrer temporariamente, caso a prótese seja de um tamanho muito grande para a anatomia da pessoa.




Silicone nas mamas X câncer de mama:


A prótese de silicone não aumenta as chances de adquirir câncer de mama e de forma alguma dificulta o diagnóstico ou tratamento da doença.

Quem tem silicone possuí maior risco de doenças?


Recentemente foi realizado um estudo por pesquisadores do MD Anderson Cancer Center da Universidade do Texas, nos Estados Unidos. Os resultados da pesquisa mostraram que as mulheres com próteses de silicone possuem um risco de seis a oito vezes maior de desenvolver doenças como como artrite reumatoide, síndrome de Sjögren, esclerodermia e câncer de pele.

Além disso, segundo a pesquisa, os implantes de silicone apresentam maiores complicações cirúrgicas em comparação aos implantes de solução salina.

Silicone nos Seios - Prós e Contras

Então, qual prótese devo usar no implante?


Segundo médicos americanos, as próteses com superfície de silicone ásperas apresentaram índices mais altos de câncer de pele em comparação as próteses lisas. O enchimento das próteses com silicone também apresentou maior índice da doença em comparação as próteses preenchidas com solução salina.

Sabendo dos riscos, devo colocar ou não o silicone?


Os médicos dizem que a chance de adquirir câncer de pele devido ao silicone é real, porém rara. Você deve avaliar o quanto isso é importante para sua qualidade de vida. Caso você queria muito aumentar os seios, pode evitar problemas se ficar atenta ao seu corpo (dor, caroços, inchaço ou assimetria nas mamas) e fizer os exames necessários periodicamente. Saiba que a doença é altamente tratável se diagnosticada no início.

Para tomar essa decisão importante, reflita se você está disposta a tomar todos os cuidados necessários.


Confira Também: Galeria de fotos de silicone nos seios antes e depois.