Tanamoda - Blog de moda e beleza: 7 Dicas para Perder Peso com Reeducação Alimentar + Cardápio! Tanamoda - Blog de moda e beleza: 7 Dicas para Perder Peso com Reeducação Alimentar + Cardápio!

7 Dicas para Perder Peso com Reeducação Alimentar + Cardápio!

Dicas para Perder Peso com Reeducação Alimentar

Como Emagrecer Permanente em 2017


Em 2017 o desejo de conquistar um corpo saudável e boa forma é muito grande. Essa não é uma tarefa fácil, exige muito esforço e força de vontade. Emagrecer rápido é possível, mas para manter esse emagrecimento por toda sua vida, é necessário uma reeducação alimentar. Para isso, seu plano de emagrecimento tem que ter uma boa base nutricional e um bom programa de controle de peso para não voltar a engordar, como por exemplo o Plano Detox.

Como fazer uma reeducação alimentar


Reeducação alimentar é uma mudança no estilo de vida, é um processo onde o individuo muda seus hábitos para uma rotina mais saudável como: comer na quantidade, qualidade e variedade recomendada, beber bastante água, dormir bem, praticar atividades físicas e fazer alongamentos. Também é necessário mudanças como parar de fumar, beber em excesso entre outras coisas.


Dicas para o emagrecimento durar a longo prazo


1. Procure aconselhamento

Perder peso e manter o peso a longo prazo só é possível através de uma mudança na alimentação diária. Esse é o principal impulso de todos os métodos promissores. Bem conhecido por todos, após uma dieta, o retorno aos velhos hábitos causa o efeito yo-yo. Em poucos meses, o peso original é recuperado e até mesmo ultrapassado. Portanto, é aconselhável procurar aconselhamento de pessoas que se tornaram magras e conseguiram manter, ou procurar um especialista em alimentação e boa forma.


2. Analise o que está por trás dos seus hábitos alimentares

Selecionar os produtos certos e combiná-los de forma otimizada é uma coisa. A outra é fazer com que suas emoções tomem conta da sua alimentação! É importante prestar atenção em quando, o que e por que você come. Portanto, fique sempre no controle de suas emoções e alimentação.

Dica: Observe meticulosamente e honestamente tudo o que você come e bebe todos os dias. Anote e olhe para a lista no final do dia. Você vai se surpreender e conseguirá manter um controle.


3. Diferencie Fome de Desejo

Vivemos em uma época que podemos comer a qualquer hora do dia e em cada esquina, o que queremos. Mesmo em casa, a geladeira está cheia de produtos prontos e industrializados. A tentação está em toda parte, até em seu ambiente. Não importa aonde você vá, há sempre algo para beliscar, doces, bolos, lanches, etc. Por isso, mate a fome com alimentos saudáveis e naturais e só deguste dos alimentos calóricos.


4. Ame a si mesmo e ao seu corpo

Por que está fazendo uma dieta? Porque você odeia o seu corpo e a sua gordura? Estas energias negativas podem te conduzir a ganhar mais peso e levar a uma depressão. A aceitação é uma parte do amor. Esteja convencido de que se amar irá ajudar no processo de perda de peso e fará você se sentir melhor.


5. Evite produtos artificiais e produtos para emagrecer

Bebidas dietéticas misturadas com ingredientes industrializados, vitaminas artificiais e aditivos minerais, não fazem bem a saúde. Produtos vitais e nutritivos são cultivados organicamente. Há estudos que dizem que eles nos deixam satisfeitos mais rápido e a sensação de saciedade dura mais tempo do que os produtos convencionais.


6. Descubra quais alimentos você pode comer e quais não

Muitos alimentos supostamente saudáveis ​​são um fardo sobre o corpo. Todo mundo é diferente e reage em conformidade ao metabolismo que possuí. O ideal é procurar um profissional, para que ele o ajude a distinguir quais os melhores alimentos para seu corpo e sua perda de peso.


7. Preste atenção nos Rótulos!

Saiba qual a quantidade mínima de açúcar e de proteína animal que seu corpo pode ter. É assustador como o açúcar está incluído em produtos que ninguém suspeita. Por isso, devemos sempre olhar os rótulos com atenção.

A indústria de laticínios e carne, adora alertar contra a deficiência de proteína. Vivemos em uma sociedade onde a maioria de nós consome "toneladas" diárias de ovos, leite, iogurte, queijo e carne. Não é de admirar, que este excesso de proteína cause doenças típicas da civilização moderna, como alergias, hipertensão, diabetes, câncer e obesidade.

É por isso que devemos ser cuidadosos com dietas ricas em proteínas, ou ao tomar permanentemente grandes quantidades de proteína. Embora em alguns casos isso possa reduzir seu peso, o quão saudável você fica a longo prazo? Pense bem, não deixe de comer o que seu corpo precisa para ser saudável. Aliás, é recomendado comer principalmente alimentos levemente cozidos, como legumes e verduras, com apenas o acompanhamento de alguma proteína que seu corpo necessite.

O ideal para o sucesso na perda de peso, é retirar todos os alimentos que não são saudáveis e manter uma alimentação equilibrada. E é claro, a prática de exercício não deve ficar de fora viu!?

Cardápio para Reeducação Alimentar


Cardápio para Reeducação Alimentar

Créditos: Guest post enviado por Rosi Feliciano e editado pela Tanamoda. As informações contidas nesse artigo, são de responsabilidade da autora do mesmo.



Um comentário:

  1. Para manter uma boa forma é necessária mudanças na alimentação durante toda a vida, no caso uma reeducação alimentar. 2017 chegou e já podemos fazer planos para começar um ano melhor.

    ResponderExcluir